“Most people overestimate what they can do in one year and underestimate what they can do in ten years.” – Bill Gates

O tio Bill tem toda a razão. As vezes nos sentimos sobrecarregados e criamos desculpas para justificar nossa estagnação. Mas fazendo um pouquinho todo dia, podemos chegar muito longe. É o que dizia aquele físico bigodudo, que a oitava maravilha do mundo são os juros compostos.

No BrazilJS do ano passo eu vi a palestra do @raphamundi sobre como ele fez um desafio de fazer um commit por dia por 500 dias. Eu resolvi fazer algo parecido mas menos ambicioso. Me comprometi a escrever código todo dia por 100 dias. Resolvi escrever aqui sobre isso para ver se eu motivo alguém, como o Raphael me motivou, a fazer o mesmo.

O objetivo era melhorar minhas habilidades e aprender algumas ferramentas novas. O que eu atingi com bastante sucesso. Durante esses 100 dias eu aprendi e apliquei React, redux, angular, webpack, hapi, websockets. Publiquei dois pacotes no npm (fixed-setinterval e global-state). Criei dois apps que estão no ar (Gerador de cruzadinhas e Rpg Creator Studio).

Todo dia eu acordava umas sete da manhã e escrevia código até umas nove e depois ia pro trabalho. Eu não planejei antes o que faria e acabava fazendo o que eu estava afim de fazer naquele dado dia. Cem dias parece muito? uns trinta dias depois de começar eu fiquei doente, e não consegui programar por dois dias. Depois disso eu acabei pulando alguns dias, mas não desisti. O importante era tentar manter a maior sequência possível de sucessos. Depois de alguns dias repetindo uma ação, ela vira um hábito.

Programação é como um músculo. Se você ficar sem programar por muito tempo seu músculo de programação vai atrofiar. Vale a pena fazer isso todo dia. Mas além de melhorar suas habilidades, no meio do caminho você vai começar a criar pequenos projetos que podem virar ou um projeto grande ou podem ser colocados em seu portifolio pessoal. Hoje em dia, muitas empresas dão mais importância para o github do que para um CV.

Agora eu espero que eu tenha te inspirado a fazer um desafio desses. Bora programar!